Quarta-feira, 4 de Julho de 2007

PALAVRINHAS

Palavrinhas...

No vazio da minha alma encontrei o seu doce pensar;


Ele me fez renascer da escuridão
me trazendo o sabor da imensidão das palavrinhas escritas
em papéis alvos manchados de paixão;

As palavrinhas tornaram-se um néctar ao meu ser;
alimentando o meu coração com suaves sensações;


Doces sensações escritas em letras coloridas;
vivenciadas pelo toque da magnitude
de um ser virtuoso coberto de nobres intenções;

No silêncio do amanhecer
surgiu a paz das ondas do mar após os seus momentos de ira;
as ondas calmas traziam as serenas gaivotas
sobrevoando o azul do mar esmaecido de cansaço em sua plena magnitude;



O azul brilhante transformou os corações separados pela distância
em delicadas pétalas de rosas revitalizadas pelo encontro de dois anjos;

Anjos enfeitiçados pela simplicidade de seus seres inanimados
pela aventura do prazer de existirem;
e de serem unidos pela alegria das palavrinhas
que juntas formam a doce melodia do Amor!

Publicação cedida e autorizada pela autora Débora Villela Petrin

 

 

publicado por KRIS às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

.mais sobre mim

.posts recentes

. PALAVRINHAS

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Counter

.CALENDÁRIO

.RELÓGIO

.LEVA-ME

=LEVA-ME=

.AWARD

AWARD

.JANELA DE LINKS




.JANELA DE AWARDS




blogs SAPO

.pesquisar